doe sangue novembro


Rondônia: Pai passa a noite escondido no banheiro após criminosos matarem o filho e o amigo

Pai passa a noite escondido no banheiro

Dois homens, 35 e 31 anos, identificados como Leandro Duarte de Oliveira e Diego Gleik de Brito, foram mortos com tiros de arma de fogo no sábado (14), em Vilhena (RO). O pai de uma das vítimas, estava visitando o filho, ouviu os disparos de arma de fogo dentro da casa e, temendo pela vida, ficou escondido, durante toda a noite, dentro banheiro.

LEIA MAIS

Interior de RO: Estudante de História da Unir é assassinado: um gigante com coração de criança

‘Em brig4 de marido e mulher se mete a colher?’: professora apanh4 do companheiro no meio da rua; veja

Trágico: Idoso morre eletrocutado após basculante de caminhão encostar na rede elétrica 

Trágico: Cantor sertanejo, foi morto por engano diz delegado

Casal é flagrado fazendo fortes emoções em frente a Catedral; Vídeo

Saúde: Quiropraxia é perigoso?

Rondônia: Empresário morre após grave colisão frontal na BR-364

Crime

Diego Gleik Brito e Leandro Duarte de Oliveira foram mortos dentro de casa, em Vilhena, em Rondônia — Foto: Reprodução

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar (PM) foi acionada para atender um chamado de possível homicídio no bairro Cristo Rei.

No local, em contato com um idoso de 64 anos, ele informou ser pai de Leandro, uma das vítimas. O idoso relatou que estava visitando o filho, quando em determinado momento na noite de sábado, enquanto estava no banheiro, ouviu os disparos de arma de fogo dentro da casa. Temendo pela vida, o idoso disse que se escondeu dentro do banheiro.

Após passar noite toda dentro do banheiro, pela manhã ele saiu e pôde ver o filho e o amigo dele no chão da casa com várias perfurações de arma de fogo no corpo. O idoso, assustado, procurou ajuda com os vizinhos que acionaram a polícia.

Após ouvir a testemunha, os militares precisaram forçar a entrada pela porta da casa. Dentro da residência, eles visualizaram um estojo de munição 9 mm e marcas de sangue pelo chão.

Uma das vítimas estava caída na sala com várias perfurações de arma de fogo pelo corpo. Já o segundo homem estava caído chão do quarto, também com diversas perfurações de arma de fogo. Ambos tiveram o óbito constatado. A perícia esteve no local e a Polícia Civil investiga o caso.