doe sangue novembro


Trágico: Cantor sertanejo, foi morto por engano diz delegado

Cantor sertanejo, foi morto por engano

Manaus – O cantor sertanejo Igor Moreira, de 29 anos, assassinado com mais de 20 tiros no dia 4 de janeiro, foi morto por engano, segundo o delegado Ricardo Cunha, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Dois homens foram presos suspeitos de envolvimento no crime. Em depoimento, eles confessaram que receberam a ordem para matar um desafeto de um traficante, mas logo após o crime foram informados de que mataram o homem errado.

LEIA MAIS

Casal é flagrado fazendo fortes emoções em frente a Catedral; Vídeo

Saúde: Quiropraxia é perigoso?

Rondônia: Empresário morre após grave colisão frontal na BR-364

“Os indivíduos que prendemos informaram que foram contratados para fazer essa missão. Eles contaram que não sabiam quem era o alvo, mas que tinham a missão de matá-lo. No entanto, eles foram avisados que mataram a pessoa errada. Era para matar defeseto de facção rival, mas assassinaram uma pessoa inocente”, disse o delegado, que completou:

“Ele [Igor] era claramente inocente, sem passagem pela polícia, sem envolvimento com o tráfico de drogas ou com agiotagem”, afirmou Cunha.

*Com informações  da PC

Fonte: cm7