PREVENÇÃO E COMBATE (COMPLEMENTAR) novembro

doe sangue novembro


Comerciante de Cacoal morre por complicações da Covid-19

Conteúdo exclusivo para assinantes das notificações.


Clique em ACEITAR e depois em PERMITIR que a noticia será liberada automaticamente.
Você também pode aguardar segundos ou clicar aqui para leberar a noticia.

Faleceu na tarde desta quarta-feira, 16, em Porto Velho, o comerciante Queliton Ferreira Rodrigues. Ele tinha 34 anos e havia sido transferido no dia 05 de junho, de Chupinguaia para a capital.

De acordo com a mãe do comerciante, dono de uma loja do segmento de segurança no trabalho em Cacoal, ele havia se queixado de febre e, quando fez o exame para Covid, o resultado deu positivo.

Como era casado com a médica Vaneiza Estella Pereira Alves, que atua na rede municipal de Chupinguaia, foi levado por ela para ficar ao seu lado. Ao notar que o quadro do marido havia se agravado, a profissional de saúde orientou a transferência para Porto Velho.

LEIA TAMBÉM

Rondônia: Delegada prende pais de criança de um ano que morreu com várias lesões

RO – Aos 82 anos, auditor fiscal que também era presbítero de igreja evangélica morre após infarto fulminante em casa

Com a Bíblia nas mãos e levantando os braços, mulher entra na pista da BR 364, é atingida por carro e morre

Datena ironiza William Bonner ao vivo no Brasil Urgente

Mulher foge de motel despida e invade carro após ser flagrada com ”talarico”

Vídeos mostram casal fazendo love em caminhonete perto de viaturas da PM

Queliton, que se dividia entre sua loja em Cacoal e as visitas à esposa em Chupinguaia, será sepultado na primeira cidade, onde reside a família de Vaneiza.

Ainda abalada com a perda, a médica disse ao site que o marido estava se recuperando, mas no oitavo dia da infecção, considerada a fase final da ação do vírus, a situação piorou.

“Essa doença é muito traiçoeira”, disse a profissional, acrescentando que o marido não tinha comorbidades.

fonte folha do sul on line

doação de sangue