Mulher foge de motel despida e invade carro após ser flagrada com ”talarico”


Um vídeo curioso está circulando pela web nos últimos dias e tem chamado a atenção dos internautas de todo o país por mostrar uma cena, no mínimo, inusitada onde uma mulher aparece correndo sem roupa nenhuma entre carros em uma rodovia.

As imagens foram feitas por um motorista que passava pelo local no momento em que a jovem, uma loira aparentando ter entre 25 e 30 anos de idade, surge de repente, correndo desesperada. Ao se aproximar do carro, a mulher abre a porta e entra. O condutor, sem entender o que se passa, tenta impedir. “Moça, não moça…”, diz.

Apesar da negativa, a loira não dá ouvidos e senta no colo de outro rapaz que ocupava o banco do passageiro, pedindo um casaco, provavelmente para cobrir o corpo. O motorista ainda tenta questioná-la sobre o que acontecia. “O que é que deu, moça?”, perguntou ele, recebendo a ordem de dirigir como resposta.

LEIA TAMBÉM

Interior de RO – Adolescente é executado a tiros e encontrado no quintal de casa

Garota de Rondônia viaja 2 mil quilômetros para conhecer “crush” que encontrou no Tinder e ele pede outra em casamento

Equipe de JP Mantovani se pronuncia após vazar vídeo íntimo do modelo

Vídeos mostram carreta pegando fogo na BR-364

Vídeos mostram casal fazendo love em caminhonete perto de viaturas da PM

Após matar 4 ladrões de banco, PM caça restante do bando; mortos foram desfigurados

Durante discussão pela última fatia de pizza, casal cai de varanda; veja o vídeo

BR-364 – Jovem morre ao cair de motocicleta e bater a cabeça em meio fio

Não há informações sobre a veracidade do fato, mas o vídeo foi postado no YouTube. A postagem na rede social afirma que a garota seria casada e estaria fugindo do marido após ser supostamente flagrada com um amante em um motel, às margens da rodovia BR-101 na cidade de Itapema, em Santa Catarina.

Ao ser pega no flagra no momento da traição, o casal de amantes teria saído correndo, cada um para um lado diferente, mas sem tempo para se vestir devido à fúria do marido traído, que ameaçava os dois.

FONTE REPORTER MT