RO – Aos 82 anos, auditor fiscal que também era presbítero de igreja evangélica morre após infarto fulminante em casa


Um infarto fulminante matou, na madrugada desta quarta-feira, 16, o auditor fiscal aposentado da Sefin, José Cardoso Santana. Ele tinha 82 anos e morava em Vilhena desde 1984.
 
Por volta da 1:00h, Cardoso começou a se queixar de enjoos e dores no peito. Após vomitar no banheiro, ele voltou ao quarto e caiu. Bombeiros foram acionados e constataram que o auditor estava morto em casa, na região central da cidade.

LEIA TAMBÉM

RO – Acusado de assassinato em bebedeira é espancado por populares e também morre

Rondônia: Diarista denuncia e patrão é preso acusado de beijar na boca de criança de 11 anos

Três crianças contraem Covid-19 em Rolim de Moura; menina de apenas 1 ano foi transferida de avião para Porto Velho

Mulher foge de motel despida e invade carro após ser flagrada com ”talarico”

Vídeos mostram carreta pegando fogo na BR-364

Bope executa 4 bandidos envolvidos em assalto a cooperativas de crédito


 
Presbítero da Igreja Metodista Wesleyana, José era casado com a servidora aposentada do Ibama, Leonilda Gomes Cardoso, missionária da mesma denominação evangélica.
 
O sepultamento será realizado hoje. O servidor deixa três filhos e três netos.

FONTE FOLHA DO SUL ON LINE