doe sangue novembro


Rondônia registra mais de 1,5 mil casos de Covid e 9 mortes em uma semana

Rondônia registrou mais 1,5 mil casos de Covid-19 e nove mortes pela doença na última semana. Os dados são da Agência Estadual de Vigilância em Saúde de Rondônia (Agevisa). O boletim do último sábado (10) não foi divulgado.

LEIA MAIS

Na rua da matriz, homem é encontrado morto em edícula

Sobrinha de 15 anos mata o tio que ‘bateu na irmã’ durante discussão em Jaru

Governo de Rondônia divulga Nota Técnica sobre recomendações para evitar avanço de casos de covid-19

Os boletins da Agevisa mostram que a terça-feira (6) foi o dia com o maior registro de casos, enquanto a quinta-feira (8) teve o maior número de mortes da semana (veja no gráfico abaixo).

*O boletim de sábado (10) não foi divulgado.

Na segunda quinzena de novembro, o Ministério da Saúde emitiu um alerta para “o aumento do número de casos e a circulação de novas linhagens da variante Ômicron e informou que 21 unidades da federação registraram aumento no número de casos, com destaque para Maranhão, Sergipe, Rondônia, Rio de Janeiro, Paraíba, Goiás, Roraima, Amapá, Rio Grande do Norte e Distrito Federal.

Pandemia em Rondônia

Desde o início da pandemia, 461.602 casos de Covid-19 já foram confirmados e 7.377 pessoas foram a óbito em Rondônia.

Os dados foram compilados pelo g1 a partir de dados divulgados pelas Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), Superintendência Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Recomendação da Sesau

Na última semana, a Sesau emitiu uma nota técnica com recomendações para a população e unidades de saúde devido o aumento no número de casos da doença. Entre as recomendações para a população, estão:

  • Utilizar máscara facial no caso de indivíduos com fatores de risco, para complicações da covid-19 (imunossuprimidos, idosos, gestantes e pessoas com múltiplas comorbidades);
  • Higienizar frequente as mãos com álcool 70% ou água e sabão;
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes;

Já para as unidades de saúde, foi recomendado:

  • Restringir visitas hospitalares, exceto casos autorizados pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar – CCIH de cada unidade;
  • Restringir acompanhantes para os pacientes internados, exceto casos previstos em lei e em consonância com as normas regimentais de cada instituição

Vacinação

No alerta por causa da variante Ômicron, o Ministério da Saúde também reforçou a importância do esquema vacinal completo, com especial atenção às duas doses de reforço para se proteger.

Até agora, 494.264 rondonienses, entre crianças e adultos, tomaram a 3ª dose da vacina.

Uso de máscaras

Com aumento de casos da Covid, várias instituições públicas começaram a exigir o uso de máscara em suas dependências como forma de prevenção ao vírus. É o caso do Ministério Público e Tribunal de Contas de Rondônia.

Em Porto Velho, a prefeitura passou a determinar nesta semana o uso de máscara em todas as unidades de saúde. A regra vale tanto para servidores quanto para pacientes e seus acompanhantes.

No dia 22 de novembro, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou que o uso de máscaras em aviões e aeroportos seja novamente obrigatório no Brasil.

Fonte: g1 ro