EXPOPIB

queimadas


Policial penal morre depois de ser picada por jararaca

A policial penal Luciene Pedroso Moreira Santos, 44 anos, morreu nessa segunda-feira (25) depois de ser picada por uma cobra jararaca. A servidora pública estava lotada na Colônia Penal Agrovila das Palmeiras, em Santo Antônio do Leverger.

A morte da policial foi divulgada pelo Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen). Luciene deixa dois filhos e seu esposo.

LEIA MAIS

Trágico: Menino katukina atropelado na BR- 364 morre no dia do indio

BR-364: Caminhão tomba e motorista morre

Trabalhador morre esmagado pela própria van ao tentar impedir tragédia; veja vídeo

Rondônia: Idoso morre dentro de carro após sair para comprar cigarro

vacina em dia

Conforme informações, a policial fazia serviços domésticos e buscou roupas no varal, quando sofreu o ataque. Ela chegou a ser socorrida e levada até o hospital, passou por cirurgia, mas não resistiu.

“Neste momento de imensa tristeza, desejamos a todos que compartilhavam de sua vivacidade, alegria e humildade nossos sinceros sentimentos de pesar”, diz trecho da nota do Sindspen.

O deputado estadual João Batista também lamentou a morte nas redes sociais. “Lamentamos profundamente o falecimento da policial penal Luciene Pedroso Moreira Santos, uma grande perda para o Sistema Penitenciário”, escreveu.

Não há detalhes sobre o velório.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0