EXPOPIB

queimadas


Rolim de Moura: Secretário Estadual de Saúde Fala Sobre Boatos em Redes Sociais que Prejudicam Doações a Crianças Queimadas e Torturadas

Não são verdadeiras as informações contidas em um banner espalhado nas redes sociais nesta quinta-feira, 02, com pedido de medicamentos para as duas irmãs de 05 e 07 anos, que foram queimadas e torturadas pelo padrasto, e que se encontram internadas no Hospital Infantil Cosme e Damião em Porto Velho em estado grave.

O secretário de Saúde do Estado, William Pimentel, em entrevista ao Rondoniaovivo, desmentiu o boato. Segundo ele, de fato a família está precisando de ajuda para se manter em Porto velho, mas essa ajuda não é de medicamentos. A família relatou que realmente, estão precisando de doações, mas esse material servirá para manter a família em Porto Velho, com deslocamento, alimentação e outros, e não para remédios, como foi anunciado. O número da conta que consta no banner é de fato da família das duas crianças.

As duas meninas permanecem na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), uma delas está isolada, devido o risco de infecções.

Agradecimento

A família informou que está recebendo todo o apoio de tratamento e medicamentos para as duas irmãs. Fato confirmado pelo secretário estadual de saúde, Williames Pimentel. “O dinheiro que alguém possa doar é para outras despesas da família, mas não é para fins de aquisição de medicamentos e não é referente a cuidado médico hospitalar”, afirmou o secretário.

Pimentel, informou ainda que checou com a direção do hospital e com a equipe médica todos os procedimentos que estão sendo tomados, e assegurou que em relação ao tratamento, não está faltando nada para as meninas.
 

Conta para doações

vacina em dia

Banco do Brasil
Agência: 2292-6
Poupança: 12321-8
Margarida Batista de Jesus
 

 
 

Entenda o Caso

As irmãs, com idades entre 5 e 7 anos, foram encontradas nuas, com ferimentos e queimaduras graves pelo corpo no dia 29 de outubro. As crianças estavam próximas de uma represa na Zona Rural de Rolim de Moura (RO), na Zona da Mata. As meninas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e encaminhadas para o Hospital Municipal. Uma das vítimas apontou o padrasto como autor da violência.

A mais velha estava com queimadura de 2º grau em quase todo o corpo, além disso, tinha vários ferimentos e um corte profundo na cabeça. A mais nova também tem queimaduras, só que com menor intensidade, porém, apresentava diversos hematomas e diversos dentes quebrados, provavelmente por socos. 

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.