Rondônia: Pastor é levado por bandidos durante roubo de Hilux na porta de igreja

gov acoes

O roubo de uma caminhonete seguido de sequestro do pastor e servidor da Assembleia Legislativa, Ebenezer Pereira da Silva, ocorreu no final da tarde de sexta-feira (30), em frente a uma igreja na Rua Marechal Deodoro, entre Avenidas Calama e Abunã, no bairro Olaria, região Central de Porto Velho.

Criminosos armados  abordaram a vítima que chegava no templo numa caminhonete Hilux e anunciaram o assalto. O pastor foi rendido e levado junto com os assaltantes no veículo.

Já no período da noite, a Hilux foi encontrada abandonada em uma mata na BR-364, sentido Jaci-Paraná, após o posto de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal. Uma equipe do Batalhão Ambiental da PM foi a responsável por localizar o veículo.

Logo depois, a vítima manteve contato com a família e disse   que estava com um casal de irmãos nas proximidades da faculdade Unir Campus. Várias buscas foram realizadas com o intuito de prender os bandidos, mas sem sucesso.

ATUALIZAÇÃO: 

Dois criminosos  identificados como João V. S. O., 19 e Thalissin L.L. a., 19,  foram presos no final da noite deste sábado (30) após o roubo de uma caminhonete e intensa  troca de tiros com a PM na BR-364, em Porto Velho.

De acordo com as primeiras informações, quatro bandidos chegaram em um automóvel modelo Onix de cor branca e armados roubaram o veículo de uma mulher em frente a maternidade municipal da capital.  Os criminosos ainda levaram um  Iphone da vítima, mas arremessaram para fora do veículo  nas proximidades da rodoviária. O aparelho foi rastreado e localizado.

covid

Uma equipe da Polícia Militar do 1° Batalhão comandada pelo cabo Tesk em diligência conseguiu localizar a quadrilha na BR-364, próximo a entrada do balneário Cachoeirinha. Houve troca de tiros e dois foram presos. Outros dois fugiram para dentro da mata.

A caminhonete foi recuperada e o Onix usado no crime apreendido. Uma pistola calibre 7,65 foi localizada com a dupla. João e Thalissin disseram que levariam a Hilux para a Bolívia e ganhariam R$ 6 mil.

Ambos  também são suspeitos de ter participado do roubo da caminhonete de um pastor no final da tarde de ontem na região Central de Porto Velho. No celular de João existem mensagens dele com  indivíduos identificados como  Coringa e Agnos e eles conversam sobre o crime que ocorreu na frente de uma igreja.

 


covid

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.