DOE SANGUE

queimadas


Rondônia: Após perder a filha de 1 ano e 2 meses internada em hospital, mulher faz publicação comovente no Instagram

No Instagram, a jovem de 18 anos que perdeu a filha de 1 ano e 2 meses na cidade de Cerejeiras esta semana, fez um relato comovente do doloroso episódio. A morte da pequena Ana Júlia de Souza Santos aconteceu na segunda-feira, 01.

Em sua publicação na rede social, a dona-de-casa, que mora com o marido e criava a filha numa fazenda em Corumbiara, escreveu: “em questão de segundos, ela foi indo embora, eu com ela nos braços, sem poder fazer nada…

LEIA MAIS

RO – Bebê e mãe morreram após capotamento na BR-364

Como é a decisão de desligar aparelhos de alguém com morte cerebral

Família se revolta após encontrar serragem em caixão no lugar de corpo de bebê; veja vídeo

“Meu Deus, a minha menina”, grita mãe aos prantos ao encontrar corpo da filha de 10 anos; veja vídeo

Segundo a tia, que está prestando apoio à mãe da criança a jovem é sua irmã), a dona-de-casa, assim com o marido dela, de 23 anos, está muito abalada pela perda. “A Ana Júlia foi planejada desde que os pais dela namoravam, e foi um golpe muito duro para eles”.

A familiar também revela que um homem que estava com o filho internado no mesmo hospital em que a menina morreu é testemunha de que Ana Júlia estava se recuperando bem antes de ser medicada, o que teria levado às reações que resultaram na morte.

“Vieram aplicaram a medicação nela, aí a neném desmaiou e logo após deu 3 gritos de dor. Ela tremia de tanta dor e foi ficando roxinha. Minha irmã saiu com a bebê nos braços e a enfermeira veio andando, daí, quando viu a gravidade a pegou no colo e saiu correndo para o pronto-socorro. Minha irmã fala que antes de entregar a Ana Júlia, ela abriu os olhinhos, respirou fundo e parou”, conta a tia entrevistada.