Professora que atuou em escolas de Rondônia perde a visão após contrair duas vezes a Covid-19 e precisa de ajuda


Educadora que ministrou aulas de inglês em três escolas de Vilhena, a professora Carla Fernandes vem travando, desde o ano passado, uma dura batalha para recuperar a visão, afetada por problemas renais e pela ação do novo Coronavírus.

Em março do ano passado, com o corpo inchado por causa do mau funcionamento dos rins, Carla foi internada num hospital de Niterói (RJ), onde mora atualmente. Na mesma unidade de saúde ela contraiu a Covid-19 e sua visão foi severamente afetada.

LEIA TAMBÉM

Homem leva amante para vacinar e encontra esposa na fila; veja o barraco!

Interior de RO – Homem falece após sofrer acidente de trabalho

Caminhão pega fogo próximo ao posto de fiscalização da PRF na BR-364

Prefeitura de Pimenta Bueno realiza um novo Processo Seletivo com 26 vagas

Secretaria De Saúde Alerta Pais Sobre Aumento Significativo De Casos Da Síndrome Mão-Pé-Boca



Com cegueira quase total, a professora já estava buscando informações para reaprender a viver sem enxergar, quando encontrou um especialista que indicou um tratamento. E, ao passar por esse processo, a ex-vilhenense conseguiu recuperar 10% da visão.

Porém, em dezembro do ano passado, ela contraiu novamente a Covid, o que paralisou os avanços que vinha conquistando para recuperar a visão. Agora, Carla terá que se submeter a uma cirurgia para implantar lentes artificiais nos olhos a fim de manter o pouco que já recuperou das vistas e tentar ampliar isso.

O tratamento que Carla faz é conhecido como “Vitrectomia” (CONHEÇA AQUI), e ela também está fazendo uma sessão de quimioterapia todo mês.

A educadora morou em Vilhena entre 1994 e 2006, quando voltou a morar na região metropolitana do Rio.

As pessoas que puderem colaborar através de depósitos por PIX ou em conta bancária devem usar os seguintes dados:

pix: [email protected] – NUBANK

BANCO ITAÚ
Giullie Fernandes  Pereira
Ag. 2998
Conta Corrente 13635-8

Fonte: Folha do Sul