Polícia da Índia dá pauladas em quem desrespeita a quarentena; vídeo


O presidente da Índia, Narenda Modi, decretou nesta terça-feria, 24 de março, o estado de ‘quarentena total’ no país. O intuito seria interromper o crescimento de casos confirmados no país, evitando o que tem acontecido em outros países, com tantas mortes.

Acontece que, mesmo com o decreto, há pessoas que não respeitam e continuam saindo às ruas. Contudo, não tem sido tão fácil para os indianos desrespeitarem a quarentena. Vídeos publicados na Internet mostram autoridades agredindo aqueles que estão nas ruas.

O grande problema na Índia é que 80% dos trabalhadores, equivalente a cerca de 471 milhões de pessoas, são informais. Estes não tem contratos, seguridade social e não são acobertados pelas leis trabalhistas.

A ministra das Finanças da Índia, Nirmala Sitharaman, divulgou um pacote de ajuda para os “trabalhadores pobres e sofredores” que habitam o país. São 22 bilhões de dólares que devem abranger 800 milhões de pessoas na Índia. O país conta com uma das maiores populações do mundo, com o incrível número 1,3 bilhão de pessoas.

Uma foto mostra que os policiais não tem dado somente pauladas e utilizado de artefatos para agredir cidadãos que estão fora da quarentena. Alguns tem obrigado pessoas a fazerem agachamentos e, até mesmo, flexões.

As imagens se espalharam por todo o mundo. Alguns tratam a situação como piada e outros protestam, tanto contra a polícia quanto contra aqueles que não estariam respeitando a quarentena. O governo indiano não fez qualquer pronunciamento sobre as agressões e se isso estaria acontecendo por ordens superiores ou por decisões dos policiais.

Fonte 1news