doe sangue novembro


Rondônia: Funcionário público é executado a tiros pelo vizinho

Conteúdo exclusivo para assinantes das notificações.


Clique em ACEITAR e depois em PERMITIR que a noticia será liberada automaticamente.
Você também pode aguardar segundos ou clicar aqui para leberar a noticia.

O funcionário público federal, Rui dos Santos Barbosa, 74, foi morto com três tiros de espingarda após discussão por causa de terra nesta quinta-feira (17) na BR-319, quilômetro 17, ramal Santo Expedito, após a ponte do rio Madeira, em Porto Velho (RO). 

A reportagem apurou que o idoso estava chegando no sítio dele junto com a esposa em uma caminhonete modelo D20 quando viu o vizinho desmatando uma área que fica na divisa dos lotes deles. Os dois então começaram uma discussão acirrada por causa da terra.

LEIA TAMBÉM

Comerciante de Cacoal morre por complicações da Covid-19

Rondônia: Três suspeitos de executar e arrancar a cabeça de homem é preso pelo SEVIC

Caminhonete ocupada por família que voltava de culto evangélico capota na BR-364

Dentista rondoniense é pioneira em criação de protocolo para clareamento com zero sensibilidade

“Só se vive uma vez”, diz idoso ao ser flagrado namorando no matinho em plena luz do dia; veja vídeo

Vídeos mostram casal fazendo love em caminhonete perto de viaturas da PM

No dia errado e na hora errada: motociclista é esmagado após árvore cair em cima da cabeça dele; veja vídeo

Jovem perde parte do intestino após “desafio do piercing” no TikTok

O acusado teria se armado com uma espingarda calibre 20 e atirou contra a vítima. A esposa de Rui assustada saiu correndo para a mata e ficou escondida. A vítima mesmo baleada entrou em sua caminhonete e conseguiu dirigir por 500 metros. No entanto, o assassino foi atrás e atirou mais duas vezes contra Rui, que caiu morto ao lado da caminhonete. O criminoso fugiu em seguida. 

Conforme as informações de familiares, a vítima já teria uma ação judicial contra o acusado devido ao terreno. Rui era funcionário público aposentado. O corpo dele foi removido ao Instituto Médico Legal (IML).  Agentes da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) tentam prender o autor do assassinato.

fonte rondoniaovivo

ASSASSINATO: Funcionário público é morto a tiros pelo vizinho em briga por causa de terra