PREVENÇÃO E COMBATE (COMPLEMENTAR) novembro

doe sangue novembro


CHACINA EM RO – Três amigos são mortos a tiros; um deles tentou se esconder do assassino no guarda-roupas

Conteúdo exclusivo para assinantes das notificações.


Clique em ACEITAR e depois em PERMITIR que a noticia será liberada automaticamente.
Você também pode aguardar segundos ou clicar aqui para leberar a noticia.

Três jovens amigos foram mortos a tiros na madrugada desta terça-feira (22) em uma casa do Bairro Teixeirão, Zona Leste de Porto Velho. A Delegacia de Homicídios da capital investiga o caso e, até o momento, ninguém foi preso, assim como não se sabe a motivação do crime.

LEIA TAMBÉM

Jovem perde parte do intestino após “desafio do piercing” no TikTok

Brasil – Amigas saem no tapa por causa de shortinho

Rondônia – Mulher reage à tentativa de estupro e é jogada de carro em movimento

Morador do Espírito Santo que estava vindo para Cacoal capota caminhonete na BR 174, próximo a Vilhena, e morre na hora

BR-364 – Carretas ficam destruídas em grave acidente próximo a Presidente Médici

Rondônia: Menino faz apelo para doação de sangue: ‘por favor doa, você vai salvar minha vida’

Dentista rondoniense é pioneira em criação de protocolo para clareamento com zero sensibilidade

As vítimas do triplo homicídio foram identificadas como:

  • Cláudio Xavier Gomes, 18 anos
  • Gabriel Corrêa de Almeida, 21
  • e Thiago Souza, de 29 anos

Uma testemunha contou à Polícia Militar (PM) que, antes dos disparos de arma de fogo, ela viu dois carros se aproximando da casa em manobras bruscas.

De acordo com o boletim de ocorrência, quando a guarnição da PM entrou na residência do bairro Teixeirão, os policiais avistaram Gabriel caído sobre a cama; já no chão estava Cláudio e, dentro do guarda-roupas, Thiago. A polícia acredita que Thiago entrou no móvel para se esconder do assassino.

Todos os três jovens tinham ferimentos de bala de arma de fogo. A equipe médica do Samu chegou a ir no endereço, mas nenhum dos três amigos tinha sinais vitais. Após constatado o triplo homicídio, a perícia foi chamada.

Relato de testemunha

Um amigo dos jovens e testemunha do caso, disse à polícia que estava junto com as vítimas na casa e em certo momento decidiu se afastar para urinar.

Nesse momento, segundo ele, pôde ver dois carros, um de cor branca e outro vermelha, se aproximarem do imóvel e depois, de onde estava, apenas ouviu os disparos de arma de fogo.

Com medo de morrer, a testemunha disse que fugiu do local e, quando retornou (um tempo depois), viu que os amigos estavam mortos e acionou a polícia.

doação de sangue