doe sangue novembro


Confessou: Acusado de matar homem no estacionamento do parque de exposições em Seringueiras se apresenta na delegacia, é ouvido e liberado

A nossa reportagem acaba de confirmar que o acusado identificado como Alan dos Santos Silva, acusado de matar com um tiro o jovem Geno Moreira do Amaral, de 28, na madrugada do último domingo, 18, em Seringueiras se apresentou na delegacia juntamente com seu advogado.

Geno foi perseguido e morto com um tiro na cabeça. Testemunhas teriam presenciado o acusado correndo atrás da vítima, que em seguida terminou em assassinato.

LEIA TAMBÉM

Vídeo de pastor flagrado em adultério pela esposa no Maranhão é usado como fake news contra religioso em Rondônia

Bomba: esposa estoura ‘cativeiro’ e fica chocada ao descobrir quem é a amante do seu marido; veja vídeo

Homem sai para encontro e é morto com mais de 60 facadas

A prisão do acusado só foi possível após os trabalhos intensivos das Delegacia da Polícia Civil de Seringueiras e São Miguel que intimaram as testemunhas que acabou levando até o suspeito.

Alan se apresentou ontem, terça-feira, 20, na presença de um advogado na Delegacia de Polícia Civil de São Miguel do Guaporé.

O acusado foi ouvido, confessou o crime e depois foi liberado. O delegado só não conseguiu prende-lo por que o mesmo não se encentrava mais em flagrante delito.

O delegado já instaurou um inquérito policial para que posterior seja feita a representação junto ao poder judiciário pela sua prisão preventiva pelo crime de assassinato.

Fonte: planeta folha