doe sangue novembro


Caminhoneiro esfaqueado na BR-364 não resiste e morre

Caminhoneiro esfaqueado na BR-364

Um caminhoneiro identificado como Dalmo Batisti, de 60 anos, morreu nesta segunda-feira (14) no Hospital Municipal Euclides Horst, em Campo Novo do Parecis (a 398 km de Cuiabá), após ser esfaqueado no último domingo (13).

O caso aconteceu na Avenida Olacyr Francisco de Moraes, por onde passa a BR-364, no perímetro urbano da cidade. O suspeito do crime também é caminhoneiro. Ele fugiu e não foi localizado até a publicação desta matéria.

LEIA MAIS

Rondônia: Esposa acorda e encontra o marido morto

Corpo de homem é esquartejado em 7 partes e descartado em matagal

Motorista fica ferido em acidente envolvendo quatro carretas na BR-364

Enfermeira agride idosa com Alzheimer dentro de casa de repouso; veja o vídeo

Dalmo chegou a Campo Novo com seu caminhão no último domingo. Após estacionar o veículo no acostamento da rodovia, ele foi abordado por um motorista de um caminhão baú. O homem afirmou que Dalmo havia fechado ele na BR.

Uma discussão se iniciou e o suspeito pegou um canivete e atacou a vítima. O homem foi encontrado caído no chão com dois ferimentos: um na altura do peito e outro na região da barriga. Ele foi socorrido com vida e encaminhado ao centro hospitalar, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde desta segunda.

Segundo informações do jornalista Donizete Pontes, da TV Cidade Verde, Dalmo é natural de Rio do Sul (SC), a 197 km de Florianópolis. O repórter afirmou também que familiares estiveram na cidade para cuidar dos procedimentos a respeito do translado do corpo.

Fonte: gazeta digital