MP obtém condenação de advogado de Ariquemes que recebeu valores referentes à aposentadoria de cliente indevidamente

gov acoes

O Ministério Público de Rondônia obteve junto ao Judiciário a condenação de um advogado de Ariquemes, pelo crime de estelionato e delitos de apropriação indébita e falsidade ideológica. O profissional se apropriou da quantia de R$ 35 mil, referente ao valor retroativo da aposentadoria de um cliente para quem prestava serviços, fazendo uso de meios fraudulentos para tal.

A condenação é resultado de ação penal, proposta pela Promotoria de Justiça de Ariquemes.

De acordo com o MP, em 2010, a vítima procurou o advogado para requerer serviços  profissionais a fim de obter a aposentadoria junto ao INSS. Na ocasião, o réu, aproveitando-se da pouca instrução do idoso, apresentou papéis à vítima e a induziu a assiná-los, dizendo que serviriam para requerer a aposentadoria. Ainda na oportunidade, o advogado garantiu que nada cobraria pelos serviços.

Ocorre que, após induzir o cliente a acreditar que não pagaria os custos dos honorários, o advogado fez com que o idoso assinasse contrato, no qual ficou estipulado um honorário profissional em 40% dos valores que a vítima viesse a receber em razão do processo. Conforme sustenta o MP, o profissional não falou  sobre a possibilidade de recebimento de valores retroativos em ação a ser proposta, com o nítido propósito de auferir vantagem indevida.

Segundo o Ministério Público, o idoso obteve a aposentadoria. Entretanto, posteriormente, tomou conhecimento de que via sido vítima de uma manobra. Ao tentar realizar financiamento bancário e transações comerciais na cidade, foi informado de problemas em seu CPF, ocasionados pelo não pagamento de imposto de renda referente a valores retroativos da aposentadoria, dos quais o advogado havia se apropriado indevidamente.

O Juízo da 3ª Vara Criminal de Ariquemes condenou o advogado a três anos e quatro meses de reclusão e a 33 dias-multa, pelo crime de estelionato e pelos delitos de apropriação indébita e falsidade ideológica. Com base no artigo 44, do Código Penal, o Poder Judiciário estabeleceu que o réu deverá efetuar como sanção alternativa, duas penas restritivas de direitos, sendo a primeira consistente na prestação de serviço à comunidade pelo prazo da condenação (três anos e quatro meses) e a segunda, pagamento de prestação pecuniária no valor de 10 salários-mínimos em favor da vítima.

PROMOÇÃO SHOW WESLEY SAFADÃO EM JI-PARANÁ 

Já se imaginou em um dia de princesa com direito a um encontro com Wesley Safadão no camarim dele?

A Teemps torna isso possível! Você pode ser sorteada para ganhar:

covid

✔️ 1 Vale de R$500,00 para gastar em roupas;
✔️ 1 dia no salão de beleza, com cabelo, unha e maquiagem;
✔️ 1 ingresso para assistir ao show do Wesley Safadão no camarote empresarial;
✔️ 1 Passe para o camarim do Safadão com direito a foto.

Se liga nas regras pra participar da promoção:

Compre um ingresso em qualquer área.
Fazer o cadastro no site da Teemps:

http://www.teemps.com.br/sorteios-cadastro/?show=16

Compartilhar a publicação oficial nas suas redes sociais. click no link abaixo

https://www.facebook.com/Teempseventos/

Regulamento completo da promoção
http://bit.ly/Regulamentopromoção

Valores e pontos de vendas dos ingressos aqui:  https://goo.gl/8Lc1Dk

Informações: (69) 99209-8230 – 3421-1441.

Não vai ficar de fora dessa né? Marque as amigas para ficarem sabendo da novidade!


covid

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.