Inacreditável: banda coloca cadáver de cantor de pé no palco durante festa luxuosa; veja vídeo

gov acoes

Mundo – Uma casa de shows localizada em Washington, nos Estados Unidos, pediu desculpas públicas depois de realizar um funeral que recebeu diversas críticas. A boate Bliss exibiu o que seria o corpo do rapper Goonew, de 24 anos, de pé, durante velório realizado no local no último domingo (3). O cantor foi morto a tiros dias antes.

Em comunicado publicado no Instagram, a casa de shows disse não ter sido informada da dinâmica do velório e que foi contratada por uma funerária local para alugar o espaço e realizar a celebração. “Bliss nunca foi informada do que aconteceria. Pedimos sinceras desculpas a todos aqueles que podem estar chateados ou ofendidos”, diz outro trecho. “Por favor, mantenha a família e os amigos de Goonew em suas orações neste momento difícil”, continua o comunicado da boate.

LEIA MAIS

Pai detalha conversa com suspeito antes de achar filha morta em RO: ‘ele tava bebendo vodka tranquilinho’

VÍDEO – Secretaria de saúde apura e informa que episódio no Hospital não seria com médico, mas sim técnico de enfermagem

“Foi gostoso?”, pergunta marido que flagrou mulher saindo de motel com amante; veja

Interior de RO – Mulher encontra ex-marido morto dentro de quarto

covid

Homem armado invade Câmara e tenta matar vereador; veja vídeo

Mulher morde pênis do parceiro durante o sexo e ele para no hospital

Imagens que mostram o corpo de Goonew, cujo nome verdadeiro é Markelle Morrow, viralizaram pelo Twitter e muitos internautas consideraram a exibição desrespeitosa. Nas redes, alguns ainda informaram que o espaço cobrava cerca de 40 dólares para que fãs e frequentadores entrassem durante o velório.

Alguns chegaram a questionar se o corpo não era, na verdade, um manequim que reproduz os traços do cantor. No entanto, quem esteve na boate afirma que não se parecia em nada com um boneco.

“Isso é tão triste e desrespeitoso”, escreveu uma internauta. “Acabei de perceber a grande m**** que é isso”, publicou o também rapper 50Cent no Twitter. Até mesmo um funcionário da casa de shows comentou a situação, contando ter levado um susto. “Imagine entrar no trabalho e ver um corpo morto em exposição. Eles não nos avisaram e disseram que não sabiam”, disse ele. Apesar disso, a casa de shows não informou qual funerária contratou o espaço para o velório.

Goonew foi morto a tiros durante um assalto em District Heights, em Maryland, em 18 de março. A informação foi divulgada pelo Departamento de Polícia do Condado de Prince George. As autoridades oferecem 25 mil dólares em busca de informações a respeito do autor do disparou que o matou.

Veja vídeo: aqui


covid