DOE SANGUE

queimadas


Homem vai à festa e acorda dentro de um caixão: ‘Queriam me usar como oferenda’

Victor Hugo Mica Álvarez, um boliviano de 30 anos, foi vítima de um ato um tanto curioso quando foi a festa de Pachamama, na Bolívia, ele foi enterrado vivo e teria sido ofertado como oferenda para à deusa sullu.


Em entrevista ao jornal Página Siete, ele contou que tinha saído para dançar e ingeriu algumas bebidas alcoólicas, mas que não se recorda do que aconteceu depois. “A única coisa que me lembro é que pensei que estava na minha cama e me levantei para fazer xixi e não conseguia mais me mexer”, disse, acrescentando que só conseguiu sair quando empurrou o caixão e quebrou o vidro, foi então que percebeu que tinha sido enterrado vivo. “Eles queriam me colocar em sullu”, disse.

LEIA MAIS

Três morrem e dois ficam feridos em confronto com PM

Em Cidade de RO – Comerciante morre enquanto dançava em salão de festas

Professor do IFRO fica em estado grave ao colidir na traseira de carreta na BR-364

vacina em dia

Querência – Populares encontram corpo de homem desaparecido em lago

Álvarez, que é dançarino de uma fraternidade, teria ido à festa com um colega que tinha acabado de conhecer. Segundo ele, quando fugiu, pediu ajuda a um jovem que o levou até a delegacia, porém, não recebeu a ajuda esperada.


Segundo a mídia local, os agentes não quiseram receber a denúncia porque o jovem ainda estava embriagado. Álex Magne, homem responsável por levá-la à polícia, disse Álvarez estava coberto de cimento no rosto e na cabeça quando o encontrou.

O jovem que ainda segue sem resposta para o que aconteceu e espera que o caso seja esclarecido.

Por Jovem Pan
+1
0
+1
0
+1
0
+1
1
+1
0
+1
1
+1
0