DOE SANGUE

queimadas


Homem que matou esposa e filhos a facadas e tirou a própria vida teve surto psicótico

Junio Costa e Silva, 38 anos, acusado de ter matado a facadas a esposa Tatiane Sales Nunes, 23, e os filhos, de 3 e 7, e, logo em seguida, tirado a própria vida se enforcando com uma corda dentro de casa, na noite dessa terça-feira (1º), no bairro Jardim Botânico, em Goiânia, teria tido um surto psicótico, segundo a Polícia Civil.

A delegada Caroline Paim, responsável pelas investigações, informou que o surto psicótico é a causa mais provável. No entanto, ainda é necessário apurar se ele possuía transtornos psicológicos ou se fazia uso de drogas, o que poderá ser constatado pelo histórico médico do acusado e resultado do exame de necropsia, que vai poder comprovar se Junio tinha feito uso de alguma substância no dia dos fatos.

LEIA MAIS

Em cidade de RO – Incêndio atinge fábrica de reciclagem de pneus

RO – Família continua sem notícias de pedreiro desaparecido a 35 dias em mata

Executivo de multinacional é flagrado em momento delicado no capô de carro; veja vídeo

Bombeiros resgatam homem que ficou preso a ferragens em acidente de carro na BR-364

RO – Trabalhador morre após ser atacado por animal em mata

Após discussão com amiga, rondoniense de 27 anos é assassinada com facada no peito

A Polícia Civil vai começar a ouvir testemunhas que tiveram em contato com as vítimas e o acusado no dia do crime. 

De acordo com a ocorrência, Junio e Tatiane teria tido uma discussão e o acusado executado a esposa a facadas durante a briga. Em seguida, assassinado os filhos. Então, ele teria saído, instantes depois entrado em casa novamente e se matado.

No entanto, vizinhos relataram que não ouviram gritos de socorro ou qualquer outro barulho vindo da residência. 

 Ainda conforme a investigadora, como o acusado tirou a própria vida, há a extinção de punibilidade, mas o caso é investigado para entender as motivações e circunstâncias do crime.

Os policiais apreenderam os celulares dos envolvidos e a faca usada no crime, que serão encaminhados para perícia.

Relembre o caso

Os corpos de Tatiane Sales Nunes, Junio Costa e Silva, de Eliseu Junio Nunes Silva, de 3, e de Samara Salves Silva, de 7 anos, foram encontrados por uma familiar, que foi até à residência na noite dessa terça-feira.

Ao avistar a cena do crime, a familiar logo acionou o Corpo de Bombeiros, que constatou as mortes ainda no local.

Os corpos foram recolhidos pela Polícia Técnico-Científica (PTC) e encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML), onde passam por exame de necropsia.

Segundo a vizinha Marilúcia Machado, ela e os moradores da região estão surpresos com o caso, já que a família era conhecida dela há anos.

A mulher contou que Tatiane havia lhe dito uma vez que o marido já teve um “surto” e, na época, precisou tomar remédios. Ainda segundo a mulher, o homem era bastante ciumento.

Os vizinhos acreditam que a mulher teria sido a primeira vítima, logo depois de chegar do trabalho por volta de 20h.

Segundo os moradores, Tatiane trabalhava como atendente em uma panificadora e Junio era frentista de um posto de combustíveis.

Fonte G5 NEWS