Equipamentos para policiais de fronteira serão destinados ao Estado de Rondônia no Programa VIGIA


Com o montante superior a R$ 73 milhões em produtos de alta tecnologia do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (VIGIA), foram entregues nesta quinta-feira (25), equipamentos de segurança destinados para Rondônia e mais 11 Estados do país, durante solenidade realizada em Brasília (DF) e que contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro; do ministro da Justiça, Anderson Torres; do governador de Rondônia, Marcos Rocha; e outras autoridades.

“As 12 viaturas e todo o arsenal de equipamentos adquiridos pelo Ministério da Justiça, exclusivamente para nosso Estado, somados ao que já temos vai aumentar a potencialidade em reprimir o crime na região de fronteira”, afirmou Marcos Rocha.

Para o governador de Rondônia, a união entre o Governo Federal e o Governo do Estado já traz mais um bom resultado.

Em homenagem aos policiais e forças de segurança que participam do VIGIA, o presidente Jair Bolsonaro cumprimentou-os pelo esforço que tem sido empregado no combate ao crime organizado e agradeceu o empenho dos profissionais. “Para todos vocês da segurança do nosso país, muito obrigado por colocar a sua vida em risco em defesa da nossa vida e do nosso patrimônio”, falou.

O combate ao crime organizado com atuações coordenadas nas fronteiras, o país é para o ministro Anderson Torres, o foco do programa. “A ação em nossas fronteiras e divisas é crucial para impedir que o Brasil seja via fácil para o tráfico internacional de drogas, contrabando, tráfico de pessoas e demais crimes”, pontuou.

Serão distribuídos ao todo 230 viaturas, 225 óculos de visão noturna, 225 capacetes, 700 placas de proteção balística, 700 kits de atendimento pré-hospitalar tático e quatro binóculos que utilizam tecnologia térmica avançada. Segundo gestor da Secretario de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), José Hélio Cysneiros Pachá, que citou a repercussão positiva da Operação Hórus Rondônia, este envio vai ser um diferencial paa a segurança rondoniense. “Além de defender o cidadão estamos possibilitando melhores condições a nossos agentes pensando na vida destes policiais no trabalho ostensivo”.

Em dois anos e meio do Programa VIGIA foram apreendidas mais de 1.200 toneladas de drogas que contabilizam mais de R$ 4,5 bilhões em prejuízo ao crime organizado. Foram investidos R$ 130 milhões em equipamentos de radiocomunicação, drones, óculos de visão noturna entre outros. Além disso, houve capacitação de quase dois mil operadores que atuam como multiplicadores e fortalecem a integração da segurança de fronteira.

Também participaram da reunião o chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Augusto Heleno; o governador do Amazonas Wilson Lima; o ministro de Estado da Defesa, Walter Braga Netto; o secretário-chefe da Casa Militar de Rondônia, Valdemir Carlos de Góes; o superintendente de Integração do Estado de Rondônia em Brasília (Sibra), Augusto Leonel; entre outros.

fonte secom