Criança de 8 anos é atacada por pitbulls e fica gravemente ferida

gov acoes

Na tarde deste sábado (09), um garoto de 8 anos foi atacado por 4 Pit Bulls quando tentava colher cocos no quintal de uma empresa que fica no bairro Jardim Itália, em Sorriso (a 398 Km de  Cuiabá).

Segundo informações de testemunhas, o garoto pulou o muro da empresa, de cerca de dois metros de altura, para pegar as frutas quando foi atacado pelos cães de guarda.

O irmão mais velho, de 12 anos, conseguiu espantar os cachorros com um pedaço de pau. Mas, mesmo assim, a vítima foi violentamente atacada.  Alguns vizinhos, também com pedaços de pau, ajudaram o irmão mais velho a salvar a vítima, ao ouvirem gritos por socorro.

Assim que deu entrada no Hospital Regional de Sorriso a criança foi sedada e entubada.

Os familiares informaram que o menino deve ser transferido para Cuiabá.

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, a criança foi levada consciente ao hospital, mas  sem movimentos motores e com batimentos fracos.

A RAÇA

covid

O Pit Bull impressiona à primeira vista por ser um cão de força, paixão e força de vontade ilimitada. Sua cabeça tipo tijolo, especialmente larga entre as bochechas (para abrigar suas poderosas mandíbulas) se encaixa em um pescoço musculoso e bem definido. O pescoço se prolonga até um tórax profundo, largo e bem arqueado.

O American Pit Bull é muito musculoso, atarracado, mas ainda assim um cão ágil que é extremamente forte para seu tamanho. As orelhas costumam ser cortadas, embora isso seja opcional. Os dentes devem formar uma mordedura em formato tesoura. Sua pelagem é feita de pelos curtos, espessos e brilhantes. Todas as cores são aceitas. A cauda se afina a um ponto.

Embora muitos donos fiquem indignados com a acusação de que seus cachorros são “violentos por natureza”, estudos mostram que, de fato, cães da raça Pit Bull tendem a ser mais agressivos que outros cães.

Um deles, publicado em 2009 no periódico Plastic and Reconstructive Surgery, revelou que, entre os casos de ataques de cães que foram tratados no Hospital Infantil de Filadélfia (EUA) no período de 5 anos analisado pelos pesquisadores, quase 51% foram provocados por Pit Bulls, cerca de 9% por Rottweilers e 6% por mestiços das duas raças.


covid

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.