Caso Tainá: Sumiço da jovem grávida completa um mês hoje

gov acoes

Tainá Carina de Lima Mendonça, de 21 anos, está completando hoje dia 27 de novembro, um mês que está desaparecida. A jovem que estava gravida de oito meses desapareceu no dia 27 de outubro ao sair para cobrar uma pensão do seu ex-marido, e desde então nunca mais foi vista. Apenas uma motocicleta que utilizou para ir cobrar a pensão foi localizada abandonada em uma linha na zona rural de Monte Negro.

Autoridades, familiares e amigos realizaram diversas buscas na região onde foi achada a motocicleta, mas nenhum sinal da jovem foi encontrado.

O caso chegou a ganhar repercussão em todo o estado e a nível nacional quando foi destaque no Programa Cidade Alerta, da TV Record .

Desesperada por seu sumiço, a mãe de Tainá, Maria das Graças Mendonça chegou a gravar um vídeo pedindo apelo às autoridades para que não desistissem de procurar por sua filha que estava grávida e com previsão de ganhar o bebê no dia 14 de novembro.

O ex-marido de Tainá, apontado pela polícia como o principal suspeito pelo sumiço da jovem, chegou a ser detido para prestar depoimento, porém após ser ouvido ele foi liberado. O delegado Regional de Ariquemes, Rodrigo Duarte chegou a apontar que as investigações seguiriam a linha de homicídio e aborto .

covid

Polícia trabalha no caso

O delegado-geral da Polícia Civil em Rondônia, Eliseu Muller, deu uma coletiva de imprensa no último dia 14 de novembro em Ariquemes e informou que a prioridade da Polícia Civil em Rondônia e solucionar o caso da Jovem Tainá. Eliseu destacou as dificuldades nas investigações e que em breve vai dar uma resposta à sociedade. 

 


covid

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.