DOE SANGUE

queimadas


Carreta passa por cima de Pálio estacionado no acostamento e mata casal

Carreta desgovernada invadiu a contramão da GO-330, na noite dessa terça-feira (1º), quando passou por cima de um Fiat Pálio, que estava estacionado no acostamento, e matou o casal que ocupava o veículo, marido de 46 anos e esposa de 43, em Pires do Rio (145 km da Capital).

O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer as vítimas, que ficaram presas às ferragens do Pálio, mas os militares apenas constataram a morte do casal ainda na rodovia.

LEIA MAIS

Trágico acidente em RO: Motociclista morre após sofrer queda na BR-364

Trágico: Filho morre afogado ao salvar mãe

Pai surta, mata as três filhas com vários tiros e comete suicídio em uma igreja

Interior de RO: Mulher é morta com 7 facadas pelo marido; faca ficou cravada no pescoço

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) isolou o local do acidente, controlou o trânsito e comunicou o fato à Delegacia de Polícia Civil e Polícia Técnico-Científica (PTC), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

De acordo com as primeiras informações, o motorista do Pálio estava estacionando o veículo no acostamento para fazer a troca de um dos pneus, que havia furado.

vacina em dia

Nesse momento, o condutor da carreta perdeu o controle da direção, invadiu a contramão e bateu contra o carro de passeio, chegando a passar por cima do Fiat.

O motorista da carreta, imediatamente, teria desacoplado o semirreboque de sua carreta, abandonou na pista e fugiu no cavalinho.

Os peritos analisaram as condições em que os corpos foram encontrados, periciaram o carro e o perímetro para colheram evidências que ajudem a determinar as causas e circunstâncias do acidente.

Em seguida, os cadáveres foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Caldas Novas, onde passaram por exame de necropsia, que vai determinar a causa clínica da morte, antes de os corpos serem liberados para os procedimentos fúnebres.

Os investigadores acompanharam os trabalhos da perícia, conversaram com testemunhas e trabalham para identificar o motorista foragido.

Caso segue em investigação.

fonte g5news

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0