DOE SANGUE

queimadas


Após 22 dias internada, jovem baleada em culto morre

Uma das jovens baleada num culto evangélico em Cáceres (a 218 Km de Cuiabá), no último dia 16 de janeiro, morreu nesta segunda-feira (07). Kelry Camila da Silva Dias, 16 anos, ficou 22 dias internada e acabou não resistindo.

 Após ser baleada, a adolescente foi socorrida pelo pais em estado grave e levada ao Hospital Regional. Na unidade de saúde, também foi diagnosticada com Covid-19.

LEIA MAIS

Ônibus com 40 trabalhadores pega fogo; veja vídeo

RO – Motociclista bate de frente com caminhonete e infelizmente acaba perdendo a vida

Empresário de banda de forró é encontrado morto em fazenda

Em cidade de RO – Incêndio atinge fábrica de reciclagem de pneus

RO – Família continua sem notícias de pedreiro desaparecido a 35 dias em mata

Executivo de multinacional é flagrado em momento delicado no capô de carro; veja vídeo

vacina em dia

Bombeiros resgatam homem que ficou preso a ferragens em acidente de carro na BR-364

A mãe da jovem informou que a Covid não foi a causa da morte e sim uma parada cardiorrespiratória devido à gravidade do tiro na região do abdômen.

Além de Kelry, outras seis pessoas, incluindo um bebê, foram baleadas no

culto evangélico. Todos já receberam alta do hospital.

A família fez uma vaquinha para arcar com os custos do sepultamento, que será nesta terça-feira (8).

Relembre o caso

No dia 16 de janeiro, dois homens em uma moto passaram em frente a uma igreja onde acontecia um culto e efetuaram vários disparos em direção aos fiéis. Dentre as vítimas, estavam uma bebê de 11 meses, a mãe do bebê de 27 anos, duas adolescentes de 16 anos, duas mulheres – uma de 36 e outra de 27 anos – e dois homens, de 41 e 45 anos.

+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0