Rondônia: Família levanta dúvidas quanto a morte de idoso em incêndio da área rural


Será velado a partir das 21:30h desta terça-feira, 22, na Capela Mortuária de Vilhena, o aposentado Mário Vieira Pinho, de 85 anos, cujo corpo foi encontrado hoje pela manhã, na chácara de 7,5 alqueires, na qual ele morava sozinho, no distrito do Perobal, a 50 km da cidade. Lembre aqui.

Por telefone, o FOLHA DO SUL ON LINE conversou com uma nora de Mário, que mora a cerca de 15 km da propriedade onde ele faleceu. Ela levantou algumas dúvidas em relação ao caso, mas evitou conclusões, argumentando que os peritos da Polícia Civil, que estiveram no local, irão dizer como o sogro teria morrido.

A mulher, no entanto, disse que o aposentado não tinha o hábito de atear fogo ao mato. “A gente soube que, ontem à noite, moradores viram o fogo e ele, provavelmente, estava tentando controlar as chamas. Acreditamos que outra pessoa tenha provocado o incêndio”.

Venha ser FAP Inscreva-se aqui: http://vestibularfap.qualcurso.com/

A familiar disse que o ancião tinha hábitos rígidos e, todos os dias, antes das 18:00h, ia dormir, após consumir a janta que ele mesmo (viúvo desde o ano passado) preparava sozinho. “Ele nunca saía de casa sem trancar tudo. E, quando o corpo foi encontrado, estava tudo aberto. Mas não levaram nada”

NAMORADA

Segundo a nora, Mário estava namorando uma mulher que, segundo vizinhos, esteve ontem na casa dele. “Mas a gente nunca viu ela. Aliás, nunca conseguimos sequer falar com ela por telefone. Sempre ligávamos, mas ela nunca atendia”.



Fonte folha do sul on line


Outros Destaques

Mais Notícias